EUA doam 212 milhões de dólares para a reconstrução da Faixa de Gaza

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, anunciou hoje, durante uma conferência de doadores internacionais que se realiza no cairo, Egito, a entrega de 212 milhões de dólares para a reconstrução da Faixa de Gaza, na Palestina.

Durante o encontro ministerial, organizado pelo Egito, Palestina e Noruega, a Autoridade Palestiniana espera conseguir angariar quatro mil milhões de dólares necessários para a reconstrução de Gaza, afetada pelo conflito israelo-palestiniano.

kerry disse durante a cimeira internacional que o desafio humanitário é "enorme", acrescentando que o povo de Gaza precisa "desesperadamente" da ajuda de todos "não amanhã, nem na próxima semana, mas sim agora", refere a agência de notícias francesa AFP.

Por seu lado, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, advertiu na sua intervenção que Gaza "continua a ser um barril de pólvora".

Além de tentar conseguir os quatro mil milhões de dólares, a cimeira visa reforçar a capacidade do novo Executivo palestiniano para a reabilitação do território, assim como melhorar os mecanismos das Nações Unidas para importar e exportar bens e alimentos para Gaza.

A conferência vai prolongar-se durante o dia de hoje e conta com as presenças do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, a responsável pela política externa da União Europeia, Catherine Ashton e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros francês e o chefe da diplomacia do Japão também confirmaram a presença na reunião que vai juntar 70 Estados, instituições internacionais e financeiras.

Durante mais de sete semanas, em julho e agosto, 18 mil casas e edifícios foram atingidos ou ficaram mesmo completamente destruídos pelos bombardeamentos israelitas tendo provocado 100 mil desalojados.

Ler mais

Exclusivos