Incumprimento da Argentina penaliza Wall Street

Os mercados norte-americanos seguem hoje a negociar em terreno negativo, com os investidores nervosos perante a situação de incumprimento na Argentina.

Pelas 14:45 de Lisboa, o índice Dow Jones industrial seguia a recuar 0,86% para 16.736,63 pontos, ao passo que o tecnológico Nasdaq cedia 0,85% para 4.423,08 pontos.

Já o índice alargado Standard & Poor's 500 avançava uns ligeiros 0,01% para 1.970,07 pontos, sensivelmente à mesma hora.

A Argentina terá de decidir esta semana o pagamento, ou não, da dívida a fundos que adquiriram a dívida soberana do país durante a crise de 2011.

Os pagamentos em questão referem-se a oito por cento dos fundos, já que os demais 92 por cento aceitaram renegociar o valor das parcelas a serem pagas, para receberem o débito.

Existe uma forte possibilidade de a Argentina, liderada por Cristina Kirchner, declarar moratória, uma vez que se aceitar pagar o que é pedido abre um precedente para que os demais fundos, que aceitaram parcelas menores, também recorram à Justiça pedindo o valor total. O pagamento em questão envolve uma quantia de 1,33 mil milhões de dólares.

SMS (FYRO)// ATR

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG