Hugo Chávez está "estável"

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, encontra-se "estável" após a insuficiência respiratória registada depois da intervenção cirúrgica, anunciou hoje o ministro venezuelano da Comunicação e Informação.

"O presidente encontra-se numa situação estável relativamente ao último relatório (médico), quando se comunicou a insuficiência respiratória que enfrenta o comandante Chávez, como consequência de uma infeção pulmonar pós operatória", disse Ernesto Viegas.

Segundo o ministro, o governo venezuelano "mantém contato permanente com a equipa que acompanha o presidente Hugo Chávez, assim como com os familiares que estão ao seu lado em Havana, Cuba".

"O tratamento (médico) está a ser aplicado de forma permanente e rigorosa", sublinhou o ministro ao vincar que "o governo bolivariano reitera o compromisso de manter informado o povo venezuelano sobre a saúde do presidente e convida a 'desouvir' (não ouvir, não fazer caso) as mensagens de guerra psicológica que, a partir do exterior, pretendem perturbar a família venezuelana".

Hugo Chávez foi reeleito presidente a 07 de outubro e deveria tomar posse na quinta-feira, 10 de janeiro.

Doente com cancro, Chávez não é visto em público desde 11 de dezembro, quando foi submetido a mais uma cirurgia em Cuba, após a qual terá desenvolvido uma infeção pulmonar.

Numa altura em que vários setores venezuelanos debatem o enquadramento constitucional de uma provável impossibilidade de Chávez tomar posse, o vice-presidente venezuelano, Nicolas Maduro, afirmou este fim de semana que a posse é "uma formalidade" que pode ser adiada.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG