Genro de Bin Laden vai ser julgado pelo 11 de setembro

O julgamento do genro de Bin Laden, Suleiman Abu Ghaith, que surgiu num vídeo ao lado do fundador da Al-Qaida reclamando a responsabilidade pelos atentados de 11 de Setembro de 2001, foi agendado para janeiro de 2014.

Abu Ghaith, de 47 anos e natural do Kuwait, é acusado de conspirar para matar norte-americanos, arriscando prisão perpétua, mas alega ser inocente.

O início do seu julgamento está marcado para 07 de janeiro de 2014, disse um juiz federal numa primeira audiência sobre o caso na quarta-feira.

Abu Ghaith surgiu no vídeo da Al-Qaida divulgado a 12 de setembro de 2001 ao lado de Bin Laden quando este reclamava a autoria dos atentados contra os Estados Unidos.

O genro de Bin Laden dispensou o advogado de defesa nomeado pelo tribunal e contratou Stanley Cohen, com vasta experiência em casos de terrorismo e na defesa de islamitas e que é acusado em dois casos judiciais relacionados com impostos.

O juiz alertou Ghaith para a possibilidade de poder ficar sem defesa caso Cohen seja condenado a pena de prisão, mas o arguido decidiu manter a sua decisão.

Outros advogados de defesa anteriores de Ghaith apontaram a dificuldade de conseguir ter um julgamento justo quando este vai decorrer num tribunal de Manhattan, Nova Iorque, a apenas alguns quarteirões do local onde estava o World Trade Centre e morreram cerca de 3.000 pessoas a 11 de Setembro de 2011 na sequência dos ataques da Al-Qaida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG