Estudante vítima de tiroteio em escola nos EUA morreu

Uma estudante de 17 anos que foi atingida a tiro na face durante um tiroteio ocorrido este mês num liceu do Estado norte-americano do Colorado morreu no sábado, informou o hospital onde estava internada há oito dias.

O hospital Littleton Aventist anunciou a morte de Claire Davis na sua página do Facebook, salientando que, "apesar dos esforços dos médicos e dos enfermeiros e do espírito combativo [da jovem], os ferimentos eram muito graves e mesmo os tratamentos médicos mais modernos não conseguiram evitar este desfecho fatal".

Um jovem armado entrou na manhã de 13 de dezembro na escola secundária de Arapahoe, em Centennial, nos arredores de Denver, onde estudava, e abriu fogo, atingindo dois alunos, tendo-se suicidado depois.

De acordo com os investigadores, o atirador agiu por vingança e tinha como alvo um professor.

Este tiroteio ocorreu a apenas alguns quilómetros de Aurora, onde ocorreu em 2012 um tiroteio num cinema durante a projeção do filme "Batman" que causou 12 mortos.

O incidente teve lugar ainda na véspera do primeiro aniversário do massacre de 20 crianças numa escola primária de Newtown, que traumatizou a América.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG