Economia volta à discussão numa campanha imprevisível

Passada a tempestade 'Sandy', a campanha presidencial norte-americana regressa aos assuntos económicos, como o emprego, com Obama a tentar capitalizar a criação de postos de trabalho e Romney a aproveitar o alto número de desempregados. Bernardo Pires de Lima, investigador do IPRI e da Universidade de Johns Hopkins, aponta como em véspera de eleições os candidatos se mantêm empatados. O resultado é, assim, imprevisível - e até pode vir a ser decidido pelo Supremo Tribunal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG