Detidos três suspeitos de autoria de atentado

Dois homens e uma mulher foram hoje detidos pela polícia chilena por suspeitas de envolvimento no atentado à bomba no metro de Santiago que feriu 14 pessoas.

"Ficámos satisfeitos com a notícia da detenção de três suspeitos pelos atos terroristas que temos visto nos últimos meses", afirmou o ministro do Interior chileno, Rodrigo Peñailillo, em conferência de imprensa.

"Este é um passo importante. Trabalhar em conjunto é o caminho para clarificar os fatos e punir com mão pesada os responsáveis", disse, por seu lado, a presidente do Chile, Michelle Bachelet.

Os suspeitos têm idades compreendidas entre os 22 e os 26 anos e terão participado na colocação de uma bomba no caixote do lixo perto de um restaurante de uma estação de metro, cuja explosão feriu 14 pessoas a 8 de setembro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG