Criança desaparece no México e aparece em El Salvador

Valeria Hernandéz de Jesus, 4 anos, desapareceu no dia 1 de abril da sua cidade, Texcoco, no México, e foi encontrada na cidade de Sonsonate, em El Salvador, a 1500 quilómetros de casa, na sexta-feira. Ontem voltou a casa.

Valeria estava num mercado que se realiza numa praça de Texcoco, onde a mãe é comerciante quando desapareceu há duas semanas. Testemunhas disseram às autoridades que tinham visto a menina de 4 anos ser levada por um homem. Os pais fizeram apelos na televisão, rádio e redes sociais.

No sábado, a secretaria de Estado das Relações Exteriores do México confirmou que a criança tinha sido encontrada "de boa saúde" na cidade de Sonsonate, em El Salvador, a quase 1500 quilómetros de distância. Ficou sob a alçada da embaixada mexicana no país e ontem voltou a casa.

A polícia mexicana contou com a colaboração dos homólogos salvadorenhos para localizar a menor. Segundo a CNN México, Valeria tinha sido vista a vaguear pelas ruas de Sonsonate, cidade a uns 90 quilómetros de San Salvador.

A criança foi repatriada e entregue aos familiares mas as investigações para perceber os contornos do desaparecimento continuam. Membros da procuradoria-geral da Justiça do México descolaram-se a El Salvador no sábado.

A criança falou com a mãe na sexta-feira por videoconferência e ontem reencontrou a família, como documenta a fotografia divulgada pelo secretário do governo de Texcoco, Horacio Duarte Olivares, através do Facebook, com a seguinte legenda: "Valeria já está em casa, acompanhada da mãe e da presidente da câmara de Texcoco, Delfina Gomez Alvarez.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG