Choque de comboio causa 49 mortos em Buenos Aires

(Atualizado) Choque de comboio numa estação da capital argentina à hora de ponta provocou mais de 40 mortos e cerca de 500 feridos.

Um comboio que entrava na estação ferroviária de Buenos Aires embateu numa plataforma por não ter travado a tempo, causando, pelo menos, 49 mortos e mais de 550 feridos, revelaram as autoridades argentinas.

O ministro dos Transportes, Juan Pablo Schiavi, reconhecera anteriormente a existência de mortos, mas sem indicar qualquer balanço. "Há ainda 30 pessoas presas no interior das carruagens", explicou. Por outro lado, um certo número de feridos estava a ser transportado para os hospitais.

Algumas das vítimas mortais terão falecido a caminho dos hospitais.

A bordo do comboio seguiam cerca de dois mil passageiros. O acidente deu-se durante a hora de ponta da manhã, pouco passava das 09:00.

"O acidente é muito grave. As carruagens enfeixaram-se umas nas outras, e uma delas entrou mais de seis metros na que se encontrava à sua frente", explicou o ministro.

Segundo a empresa concessionária do serviço, falharam os travões e o comboio embateu violentamente no dispositivo de proteção da plataforma. O comboio circulava a cerca de 25 quilómetros/hora à entrada da estação e embateu a cerca de 20 quilómetros/hora, indicaram responsáveis da empresa.

Um grande número de ambulâncias e helicópteros encontra-se no local para assistir e transportar os feridos.

O anterior acidente ferroviário na Argentina sucedeu a 18 de dezembro quando uma locomotiva embateu num comboio de passageiros na periferia de Buenos Aires, provocando 17 feridos.

A 13 de dezembro, nove pessoas perderam a vida e 212 ficaram feridas no choque entre dois comboios e um autocarro de passageiros numa passagem de nível à entrada de Buenos Aires.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG