Castro e Maduro querem consolidar relações económicas

Os Presidentes de Cuba, Raúl Castro, e da Venezuela, Nicolás Maduro, reafirmaram o interesse em reforçar a colaboração económica bilateral entre ambos os países durante uma reunião de trabalho em Havana, informou a imprensa local.

O encontro teve lugar na capital cubana antes do início da II Cimeira da Comunidade de Estados da América Latina e Caraíbas (CELAC).

Durante o encontro, o vice-presidente venezuelano Rafael Ramírez, e o ministro cubano do Comércio Externo e Investimento Estrangeiro, Rodrigo Malmierca, assinaram a ata correspondente aos projetos que serão executados este ano no âmbito de um acordo integral de cooperação bilateral.

O acordo de foi o marco da cooperação bilateral assinado no ano 2000, sob a presidência do venezuelano Hugo Chávez, e do então Presidente de Cuba, Fidel Castro, converteu o país sul-americano no principal aliado político e económico da ilha caribenha.

Ambos os governos mantêm o convénio, que abarca acordos de vária índole, incluindo um energético pelo que a ilha recebe cerca de 100.000 barris diários de petróleo.

Cuba paga parte desse crude com os serviços que prestam na Venezuela mais de 30.000 médicos e técnicos de saúde, assim como outros profissionais da educação, desporto e consultores em diversos planos sociais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG