Avião escoltado por caças após ameaças de passageiro

Um avião da companhia aérea canadiana Sunwing com destino ao Panamá teve de voltar a Toronto, escoltado por dois caças americanos, devido às ameaças proferidas por um passageiro.

O incidente ocorreu cerca de 45 minutos depois da descolagem, quando o aparelho da Sunwing, com 181 passageiros a bordo, sobrevoava a Vírginia Ocidental, estado no leste dos Estados Unidos.

O passageiro terá emitido uma "ameaça direta ao voo", informou um porta-voz da empresa.

Dois caças F-16 norte-americanos foram imediatamente enviados para o local e escoltaram o avião de regresso ao Canadá, onde o passageiro, um canadiano de 25 anos, foi detido pela polícia, equipada com coletes à prova de bala, que entrou no aparelho, desencadeando algum pânico a bordo.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras