Ameaçou matar George W. Bush para se casar com a filha

Um homem de 44 anos foi detido na sexta-feira por ameaçar o ex-presidente norte-americano. Alegadamente, queria ter uma relação com Barbara Bush, filha de Bush, que tem o mesmo nome da avó.

Benjamin Smith estava na posse de uma arma de fogo e um recipiente com gasolina quando foi intercetado pelos serviços secretos, em Manhattan. "Bush, vais ter o troco", gritou o homem, que foi procurado durante mais de 12 horas pelas autoridades.

Terá sido a mãe de Benjamin a alertar a polícia, ao encontrar um bilhete em que este ameaçava matar George W.. Bush e ao verificar que a arma desaparecera.

"Tenho de matar um dragão e Barbara Bush será minha", dizia a nota do homem. "A América está morta". O indivíduo terá uma fixação pela filha do antigo presidente, que tem o mesmo nome da avó, mulher de George Bush pai.

Os serviços secretos conseguiram detetar o homem através do seu telemóvel. Ao ser detido, Benjamin terá dito: "Estou divorciado e atualmente não estou com ninguém, mas estou a trabalhar numa relação com a Barbara Bush".

A defesa do indivíduo considerou que o bilhete não era uma verdadeira ameaça, uma vez que este foi detido em Nova Iorque e George W.. Bush vive no Texas. No entanto, a procuradoria realçou que a filha do antigo presidente vive em Nova Iorque.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG