EUA mantiveram os seus "valores" apesar dos "erros", diz Obama

O Presidente norte-americano, Barack Obama, afirmou hoje que os Estados Unidos salvaguardaram os seus "valores" apesar dos "erros" cometidos na sequência dos atentados do 11 de Setembro.

Em entrevista à cadeia televisiva norte-americana NBC, gravada no sábado na Casa Branca e difundida no 10º aniversário dos atentados terroristas, Obama considerou que na última década os EUA "lidaram com esses acontecimentos em conformidade com o nosso carácter" nacional, mas admitiu que foram cometidos erros.

"Algumas medidas demoraram algum tempo a ser aplicadas, mas de forma geral combatemos a Al-Qaida" nos seus redutos, acrescentou Obama, que hoje participa nas cerimónias que assinalam o 11 de Setembro em Nova Iorque, Washington e Pensilvânia.

"Protegemos os nossos valores, preservámos o nosso carácter", assegurou Obama, para depois sublinhar que "os Estados Unidos conseguiram unir-se" face ao desafio dos ataques.

"Para mim, como para a maior parte de nós, a primeira reacção foi (...) de pesar pelas famílias" das vítimas, declarou ao recordar o momento em que teve conhecimento dos atentados.

"A outra coisa de que nos lembramos é a forma como os Estados Unidos se uniram", reafirmou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG