Encontro entre o Papa Francisco e a Presidente argentina

O papa e a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, almoçaram hoje na residência Santa Marta, sendo esta a quarta visita da chefe de Estado argentina a Francisco.

A presidente deste país sul-americano já se havia reunido com o papa Francisco, também argentino, em março e julho de 2013, e também no passado dia 17 de março.

Cristina Kirchner chegou a Santa Marta, residência do papa, às 11:30 de Lisboa, num automóvel com bandeiras da Argentina e acompanhada por uma comitiva integrada, entre outros, pelo secretário-geral da Presidência, Óscar Parrilli.

Na sua chegada, foi recebida pelo secretário pessoal do papa, o arcebispo Georg Gänswein, e no interior da residência manteve uma conversa privada de 15 minutos com o papa.

Cristina Kirchner, já acompanhada pela comitiva e os meios de comunicação, deu prendas a Francisco: um quadro com a imagem da Virgem de Luján, um retrato de Jorge Bergoglio com a estética "pop art", e um quadro de Eva Perón.

Posteriormente, a presidente e o papa tiveram um almoço privado de 30 minutos.

Depois com o encontro com Francisco, Cristina Kirchner partiu para o aeroporto Ciampino, em Roma, com destino a Nova Iorque, onde participará na 69ª assembleia-geral das Nações Unidas.