Ébola já matou mais de sete mil pessoas

O último balanço da Organização Mundial de Saúde revela que o número de mortos nos três países africanos mais afetados pela epidemia subui para 7373, em 19031 casos.

O novo número mostra um aumento de quase mais 500 mortes na Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa desde o último balanço, que tinha sido divulgado a 17 de dezembro, refere a agência Reuters.

A Serra Leoa é o país com mais casos 8759, seguindo-se a Libéria com 7819. Contudo, em número de mortos, já foram registados 3346 na Libéria, contra os 2477 na Serra Leoa. Os peritos questionam por isso a credibilidade dos números avançados pelas autoridades da Serra Leoa.

O principal médico especialista em ébola da Serra Leoa, Victor Willoughby, morreu de ébola na quinta-feira, horas depois da chegada ao país de um fármaco experimental que poderia ter sido usado para o tratar.

Na Libéria, os eleitores vão hoje votar nas eleições para o senado, que tinham sido adiadas em outubro por causa da epidemia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG