Dois soldados da Nova Zelândia mortos em ataque

Dois soldados neo-zelandeses foram mortos e outros seis ficaram feridos no sábado num ataque na província de Bamiyan, no centro de Afeganistão, informou hoje o primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Key.

Estas mortes elevam para sete o número de soldados neo-zelandeses que já perderam a vida no Afeganistão desde a entrada das forças da Nova Zelândia naquele país.

Os soldados foram mortos quando ajudavam as forças de segurança locais a enfrentarem alegados rebeldes. Dois membros das forças afegãs também morreram no ataque e outros 10 ficaram feridos, a par de seis militares neo-zelandeses e um civil.

As vítimas faziam parte de uma equipa neo-zelandesa que está em Bamiyan há nove anos.

O Governo da Nova Zelândia anunciou em maio a retirada dos 145 soldados que se encontram em Bamiyan no final de 2013, depois de a unidade de elite aérea que estava em Cabul, formada por cerca de 40 militares, ter terminado a sua missão em março.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG