Dois mortos num hospital de Los Angeles devido a bactéria perigosa

Bactéria foi encontrada em dois endoscópios e provocou a morte a duas pessoas. Outras 180 poderão estar também contaminadas.

Duas pessoas morreram num hospital de Los Angeles (EUA) depois de terem sido infetadas com endoscópios contaminados com uma perigosa e resistente bactéria à qual poderão ter estado expostos cerca de 180 pacientes, informa hoje a imprensa local.

O surto, ocorrido no Centro Médico Ronald Reagan UCLA, é o mais recente de uma série de casos idênticos registados desde 2012 em hospitais da Pensilvânia, Illinois e no estado de Washington.

Pelo menos outros cinco pacientes do centro foram infetados com a bactéria conhecida como "CRE", resistente a antibióticos e com elevada mortalidade.

O hospital detetou o surto no mês passado quando analisava um paciente e, esta semana, começou a notificar as outras 179 pessoas que receberam tratamento, entre outubro e janeiro, para que se desloquem ao centro para serem sujeitas a exames.

O centro diz ter identificado pelo menos dois endoscópios contaminados, mas garante ter seguido todos os protocolos estabelecidos para a desinfeção dos objetos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG