Divulgados 400 telegramas da diplomacia americana em Portugal

Mais de 400 telegramas da embaixada norte-americana em Portugal foram hoje divulgados pela WikiLeaks, uma organização que publica documentos diplomáticos.

Apesar de no ano passado terem sido divulgados documentos da embaixada dos Estados Unidos em Lisboa referentes aos anos de 2006 a 2008, a organização de Julian Assange, de nacionalidade australiana, revelou hoje documentos datados de 2010, através da Internet em wikileaks.org, um site aberto ao público. A WikiLeaks vai divulgar até ao final do dia de hoje mais de cem mil novos telegramas da diplomacia norte-americana em todo o mundo, adiantou hoje a organização, que começou na quarta-feira a publicar telegramas até agora desconhecidos, incluindo relatórios diplomáticos confidenciais.

Já hoje foram divulgados pela WikiLeaks documentos da diplomacia norte-americana relativos a Angola, Moçambique e Timor-Leste, entre outros.

Esta não é a primeira vez que a WikiLeaks divulga telegramas da diplomacia dos Estados Unidos. A organização fundada em 2006 por Julian Assange ganhou mais importância na cena mundial quando, a 25 de Julho de 2010, filtrou informação de 91 mil documentos secretos sobre a guerra do Afeganistão.

A 22 de Outubro do ano passado, a WikiLeaks voltou a causar grande impacto mundial ao publicar cerca de 391 mil documentos do Pentágono sobre a guerra do Iraque. Mais recentemente, em Novembro de 2010, o site voltou a revelar informação confidencial e comprometedora para a diplomacia norte-americana, quando, através de cinco jornais de referência internacional, publicou mensagens dos diplomatas dos Estados Unidos em todo o mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG