Dispersão policial causa dois mortos e cinco feridos

Dois manifestantes omanitas foram hoje mortos e cinco ficaram feridos por tiros da polícia quando dispersava uma manifestação de desempregados em Sohar, a 200 quilómetros a norte de Mascate, disse fonte dos serviços de segurança.

"Dois manifestantes foram mortos por balas de borracha durante uma tentativa de ataque a uma esquadra da polícia", afirmou à AFP a mesma fonte. Cinco pessoas ficaram feridas e vários veículos foram incendiados, segundo a mesma fonte. A polícia de Omã lançou bombas de gás lacrimogéneo contra os manifestantes, cerca de 250 desempregados, que tentaram atacar a esquadra desta cidade costeira omanita.

Trata-se da primeira manifestação violenta no sultanato que foi cenário na semana passada de marchas de carácter social. Sábado o Sultão Qabous bin Said Al Said anunciou o aumento das bolsas escolares de 25 riais (47 euros) para 90 riais (170 euros), segundo a agência Ona, citada pela afp.Qabous Al Said ordenou ainda a criação da Associação de Defesa dos Consumidores e deu indicações para se criarem cooperativas para vender os produtos alimentares a baixos preços.

A 18 de Fevereiro cerca de 300 onamitas manifestaram-se no centro de Mascate exigindo uma subida dos salários e reformas políticas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG