Dilma passa para a frente de Aécio nas sondagens

A última sondagem Datafolha mostra que a presidente tem 46% das intenções de voto, mais três pontos percentuais que há cinco dias, contra 43% do candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que perde dois pontos.

Há ainda 6% de inquiridos que dizem não saber ainda em quem votar na segunda volta das presidenciais brasileiras, no próximo domingo. E outros 5% que admitem votar branco, nulo ou em nenhum dos candidatos, menos um ponto percentual que na anterior sondagem.

Contabilizando apenas os votos válidos, Dilma surge com 52% e Aécio com 48%, ainda em empate técnico tendo em conta a margem de erro de dois pontos percentuais. É contudo a primeira sondagem Datafolha para a segunda volta em que a presidente surge à frente do adversário do PSDB.

Na pesquisa Datafolha para a TV Globo e o jornal "Folha de S. Paulo" foram ouvidos 4389 eleitores no dia 20 de outubro.

De acordo com a análise feita pelos responsáveis da Datafolha, em menos de uma semana "a presidente cresceu em quase todos os segmentos do eleitorado, exceto entre os mais ricos e habitantes da região Sul". Mas foi no Sudeste, onde Dilma concentrou a sua campanha nos últimos dias, que a presidente mais ganhou: cinco pontos percentuais.

"A classe média intermediária que vinha dividida, equilibrando uma disputa cristalizada nos extremos (pró-oposição entre os mais ricos e pró-governo entre os mais pores), parece neste momento pender mais à reeleição de Dilma", escrevem os responsáveis na "Folha de S. Paulo".

A presdente contou ontem à noite com a presença do ex-presidente Lula da Silva em mais um ato de campanha, junto de artistas e intelectuais no teatro Tuca, em São Paulo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG