Detidos quatro suspeitos de apoiar presos da ETA

Fontes próximas da investigação afirmam que a operação Pastor está a decorrer em Pamplona, Salvatierra e Santa Cruz e San Sebastián.

A Guarda Civil espanhola deteve quatro pessoas numa operação contra uma rede de apoio a presos da ETA.

Segundo disseram à Efe fontes próximas da investigação, a operação, denominada Pastor, está a decorrer em Pamplona, Salvatierra e Santa Cruz de Campezo (Álava) e San Sebastián.

Segundo estas fontes, os investigadores consideram que os detidos participaram em reuniões que coordenavam atuações para dar apoio aos presos da ETA.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG