Detido 'jihadista' no Luxemburgo

A polícia do Luxemburgo deteve um presumível jihadista, de nacionalidade belga, que facilitaria o envio de outros operacionais para combater na Síria e no Mali, noticia a EFE.

A operação decorreu em colaboração com a polícia espanhola. O homem tinha regressado da Síria. Segundo o ministério do Interior espanhol, o detido é o cidadão belga Davide De Angelis, agora Abou Nouh após a conversão ao Islão, e trabalhava a rede jihadista liderada pelo espanhol Mustafa Maya Amaya, preso em Melilla no passado mês de março.

Amaya nasceu em Bruxelas, filho de pais espanhóis, e é um ferrenho pro-talibã, referiu o El Pais aquando da sua detenção. Passeava-se por Málaga com vestes talibãs e ocupou ilegalmente, em 2001, uma mesquita da cidade reivindicando, entre outras coisas, a obrigação de uso de burqa para as mulheres.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG