Detido com um arsenal em casa: 42 armas e 44 mil projeteis

Suspeito de 66 anos é acusado de um crime de posse ilegal de armas de fogo e explosivos e de um delito de fabricação, trafico e armazenamento de armas e explosivos.

A polícia da Catalunha deteve um homem que tinha na sua posse de 42 armas de fogo, 28 das quais aptas para disparar, 44 mil projeteis de diversos calibres e três quilos de pólvora, anunciaram hoje as autoridades.

De acordo com a polícia da Catalunha, a operação dos 'Mossos d'Esquadra' teve início no dia 22 de março depois de ter recebido uma denúncia por parte de um frequentador de um bar na localidade de Sants-Montjuice.

O cliente do bar afirmou ter sido abordado por um homem que lhe ofereceu uma arma e o convidou para uma tomar uma bebida.

Quando os polícias chegaram ao local, o homem fugiu num veículo todo-o-terreno, mas foi detido nas proximidades. Dentro da viatura, as autoridades encontraram duas pistolas, um revólver, várias facas, 'sprays' de autodefesa e diferentes tipos de munições.

As autoridades pediram ao juiz ordens para entrar nas duas casas do suspeito - um espanhol de 66 anos -, uma no distrito de Horta de Barcelona e uma outra em Planoles.

Na casa da Horta foram encontrados 10 revólveres, uma espingarda, cerca de 25 mil cartuchos, três quilos de pólvora, uma granada vazia e diversas armas proibidas.

Já na casa de Planoles, as autoridades localizaram 11 pistolas, 10 espingardas, pistolas desmontadas, cartuchos e cerca de 19.300 projeteis, 11 facas, cinco silenciadores e 30 carregadores de diferentes calibres.

O suspeito, um espanhol de 66 anos, foi acusado de um crime de posse ilegal de armas de fogo e explosivos e de um delito de fabricação, trafico e armazenamento de armas e explosivos.

O juiz decretou liberdade para o suspeito sob pagamento de fiança.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG