Deputado socialista de Valência declara-se a colega de bancada

Francisco escolheu a última sessão do parlamento para declarar o seu amor a uma camarada de bancada - a sua mulher Delia Valero; veja o vídeo.

As despedidas dos deputados em final de legislatura podem não provocar grandes emoções. No entanto, nada como uma declaração de amor para despertar as atenções e tornar mediático um momento normalmente cinzento e sem grande história.

As Cortes Valencianas realizavam a última sessão da legislatura e os deputados que sabiam que não iam integrar o novo ciclo político faziam as suas despedidas quando o inesperado aconteceu: o socialista Francisco Toledo, na sua última intervenção, revelou o profundo sentimento que nutria pela sua camarada de bancada Delia Valero. Sua mulher, afinal.

A surpresa foi total e generalizada - uma declaração de amor em pleno parlamento! - e terá ajudado a despertar deputados embalados por algumas comunicações menos animadas. E Valero? Ficou emocionada, claro...

Na sua última intervenção, o deputado e doutorado em Matemáticas, afirmou que o "único privilégio" de que desfrutou durante os quatro anos da legislatura fora o de "representar os valencianos". Depois, como que a ganhar coragem, avançou: "Isso não significa que não tenha conseguido proveitos pessoais com a minha passagem por esta câmara". E quando já a maioria começava a imaginar os "proveitos" que Toledo conseguira, este continuou: "Confesso que o consegui e não o declarei porque não tem preço, até porque o seu valor é incalculável".

Leia a versão integral na edição impressa do DN e no e-paper

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG