Timorenses comemoram democracia e liberdade em paz

O vice-primeiro-ministro de Timor-Leste, José Luís Guterres, disse hoje, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, que os timorenses comemoram, em paz, a democracia e a liberdade.

"É um grande dia que comemoramos em Timor-Leste em paz, em democracia e em liberdade, mas também lembramos outros países onde muita gente não tem liberdade e mulheres que não têm os direitos que nós consideramos normais", afirmou José Luís Guterres.

O vice-primeiro-ministro falava à agência Lusa em Liquiça, a cerca de 60 quilómetros a oeste de Díli, onde decorreu a cerimónia para assinalar o Dia Internacional dos Direitos Humanos com a entrega simbólica dos primeiros certificados de propriedade de terrenos a cidadãos timorenses desde a independência do país.

"No passado estávamos a lutar pelos direitos humanos em Timor e, por causa dessa luta, muita gente morreu, deu a sua vida, para a defesa da soberania, independência, democracia e liberdade de Timor, e hoje, pelo menos, o povo de Timor-Leste vive em paz, em liberdade e estamos a trabalhar para que todo o povo tenha melhores condições de vida", disse. Segundo o vice-primeiro-ministro, o país está agora no processo de construção de infraestruturas básicas essenciais para o desenvolvimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG