Professores invadem secretaria exigindo melhor salário

Um grupo de cerca de 30 professores da rede pública de ensino invadiu hoje o prédio da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro em protesto por aumentos salariais.

De acordo com a imprensa local, no momento da invasão houve um tumulto entre os manifestantes e polícias militares, que tentaram impedir que os professores entrassem no edifício. Os agentes da polícia chegaram a utilizar spray de pimenta para dispersar a multidão. Os docentes do estado entraram em greve no dia 07 de Junho. Os profissionais reivindicam um reajuste de 26 por cento no salário, além da inclusão de gratificações e o descongelamento do Plano de Carreira dos Funcionários Administrativos.

Do lado de fora do edifício, no centro do Rio de Janeiro, cerca de 200 manifestantes continuam o protesto com o uso de um carro de som. Antes de se dirigirem à sede da secretaria, reuniram-se em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

O secretário de educação Wilson Risolia cumpria a agenda externa no momento da invasão. Aquele responsável deverá receber ainda hoje os representantes dos grevistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG