Novos confrontos em Salvador junto a estádio

Polícia Militares entraram hoje em confronto com manifestantes em Salvador, na Baía, para os impedir de se aproximarem do estádio Arena Fonte Nova, onde vai decorrer o jogo da Taça das Confederações entre Nigéria e Uruguai.

Cerca de 20 mil pessoas tentavam aproximar-se do estádio, quando os polícias usaram bombas de efeito para os deter, a cerca de dois quilómetros da Arena Fonte Nova, segundo o jornal "Estado de São Paulo". Não há informações sobre feridos ou detidos.

Este foi o primeiro incidente registado nas manifestações marcadas para hoje em mais de 80 cidades, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro. Em Brasília, cerca de 15 mil pessoas estão em frente ao Congresso Nacional, sede do poder legislativo.

Na quarta-feira também houve um confronto entre a polícia e manifestantes no entorno de um estádio que acolhia a partida da Taça das Confederações, em Fortaleza, no Ceará.

As manifestações começaram no início de junho em São Paulo em protesto contra o aumento nos preços das passagens do transporte público.

Aos poucos, os protestos tomaram uma proporção nacional e na quarta-feira à noite as autoridades do Rio de Janeiro e de São Paulo anunciaram a revogação do aumento das tarifas.

Os protestos continuam hoje pedindo melhorias também nos setores de saúde e educação e exigindo o fim da corrupção.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG