Presidente de transição nomeia Rui Duarte Barros PM

O Presidente de transição da Guiné-Bissau, Serifo Nhamadjo, nomeou hoje Rui Duarte de Barros para primeiro-ministro de transição do país.

A nomeação surge através de um decreto presidencial (decreto número 7/2012) assinado hoje por Serifo Nhamadjo e indica que Rui Duarte Barros, engenheiro, foi "indigitado consensualmente pelos partidos políticos signatários do Pacto de Transição Política".

O decreto entra em vigor na data da investidura, diz também o documento da Presidência da República, a que a Lusa teve acesso. O Pacto de Transição Política foi também hoje assinado em Bissau. Rui Barros foi ministro da Economia e das Finanças da Guiné-Bissau em 2002 e mais recentemente trabalhou na União Económica e Monetária da África Ocidental.

Carlos Gomes Júnior e Raimundo Pereira foram depostos pelos golpistas e chegaram a ser detidos. Foram depois levados para a Costa do Marfim. Numa declaração feita à momentos na sede da CPLP, Raimundo Pereira disse que "em nenhum momento" renunciou ao cargo de Presidente.

"Sem menosprezar os esforços da CEDEAO", reiterou que tanto ele como o primeiro-ministro Gomes Júnior, sentado a seu lado, defendem "a reposição da ordem constitucional anterior ao golpe de Estado" de 12 de abril.

Nesse sentido, os líderes depostos, diz a Lusa, exigem que a CEDEAO concerte posições com as outras organizações internacionais, nomeadamente com a CPLP.

A CEDEAO apadrinhou um período de transição na Guiné-Bissau, nomeando Presidente interino Serifo Nhamadjo. E agora prepara-se para enviar para Bissau uma força militar, com tropas de vários países da região.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.