Governo brasileiro anuncia corte no Orçamento de 2014

O governo brasileiro anunciou hoje um corte de 44 mil milhões de reais (13,6 mil milhões de euros) no orçamento de 2014 e baixou a previsão de crescimento do país no ano para 2,5%.

O corte no Orçamento, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi feito para alcançar a meta de excedente primário (resultado positivo das despesas do governo, usados para pagar juros da dívida pública) de 99 mil milhões de reais (30,5 mil milhões de euros), ou 1,9% do Produto Interno Bruto do país.

Mantega, citado por jornais brasileiros, afirmou que a meta é "exequível e conservadora". O corte orçamental afetará principalmente o parlamento, o Programa de Aceleração do Crescimento e despesas de ministérios, entre eles o da Fazenda.

A reprogramação do orçamento inclui a baixa na previsão de crescimento do PIB brasileiro para 2,5% em 2014, face aos 3,8% anteriores. A primeira expetativa divulgada pelo governo para a expansão da economia neste ano foi de 4%.

Ler mais

Exclusivos