Dia de votação tranquila dá maioria absoluta à ADI de Patrice Trovoada

Votação teve como pano de fundo conflito entre presidente Pinto da Costa, partidos no governo e oposição. Projeções davam máximo de 33 deputados ao partido

As urnas encerraram às 17:00 locais (mais uma hora em Portugal). E ao fim da noite, as primeiras projeções davam entre 32 e 33 deputados à ADI de Patrice Trovoada, que garantiria assim a maioria absoluta que pedira durante a campanha.

O cenário de uma maioria relativa parece ficar assim afastado o cenário em que a ADI seria ultrapassada na formação de novo Executivo pelos mesmos partidos - ou outros - que a afastaram do poder em 2012. Os seus dirigentes admitiam formar Governo com maioria relativa, sublinhando contudo que, nestas circunstâncias, o cenário de há dois anos virá a repetir-se, mais tarde ou mais cedo.

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN