Cigarros com sabor proibidos no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária brasileira (ANVISA) decidiu hoje proibir a venda no país de cigarros com sabor, como os de menta ou de cravo.

O organismo concordou com o argumento de especialistas que consideram os aditivos um atrativo para os jovens e uma porta de entrada para o tabagismo.

A importação do produto também fica proibida, mas o uso de açúcar na produção industrial dos cigarros foi mantido pela ANVISA.

Os fabricantes terão 18 meses para adaptarem os cigarros à nova regra e 24 meses para outros derivados de tabaco, como o de cachimbo.

Exclusivos