Aécio Neves venceu em Lisboa e no Porto

O candidato à Presidência brasileira Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB, de centro-direita), foi o mais votado na primeira volta pelos 10.118 brasileiros que participaram do escrutínio em Portugal.

O candidato social-democrata obteve 38,43% dos 5.082 votos válidos apurados nas urnas em Lisboa, enquanto a atual Presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT, de centro-esquerda), conseguiu 28,20%, e a ambientalista Marina Silva, do Partido Socialista Brasileiro, 28,06%.

A abstenção registada na capital portuguesa foi de 67,7%, ou 11.678 eleitores, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral do Brasil. Os votos em branco somaram 317 e os nulos, 173.

No Porto, Aécio Neves alcançou 40,32% dos 4.072 votos válidos, seguido por Dilma Rousseff, com 31,02%, e Marina Silva, com 24,41%. A abstenção foi de 63,17%, ou 7.797 eleitores, os votos em branco somaram 307 e os nulos 167.

Considerando o apuramento global, que inclui os votos feitos no Brasil e no exterior, Rousseff e Neves passaram à segunda volta marcada para dia 26, com 41% e 33% dos votos, respetivamente.

Já em África, na Guiné-Bissau a candidata mais votada na primeira volta foi Marina Silva, com 46,34% dos 41 votos válidos, seguida de Dilma Rousseff, com 36,59%. O mesmo ocorreu em Moçambique, onde Marina Silva chegou a 37,23% dos 282 votos válidos e Dilma Rousseff, a 33,33%

Em Angola, as duas candidatas empataram, com 33,3% dos 96 votos válidos, seguidas por Aécio Neves, com 30,21%.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.