Condutor circula com ciclista atropelado no para-brisas

Condutor brasileiro estava embriagado e prosseguiu seis quilómetros com o ciclista que atropelou no para-brisas, perto de Curitiba. Só parou depois de forçado a isso por um motociclista.

O crime aconteceu na passada sexta-feira e as imagens que agora circulam nos media internacionais foram registadas pelas câmaras da prefeitura de Pinhais, cidade onde ocorreu o acidente. De acordo com o canal brasileiro Globo, o homem no para-brisas era Marco Aurélio Sadlovski, de 31 anos, pai de dois filhos, que seguia para casa quando foi atropelado. Não sobreviveu ao atropelamento.

O motociclista que forçou o condutor a parar disse à mesma fonte que quando viu o homem pensou que ainda pudesse estar vivo. Depois de parar o carro, correu para o socorrer, pegou-lhe no pulso, mas admitiu que a sua inexperiência na área não o ajudou a compreender se o homem estaria ainda vivo ou não.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelou à Globoque o motorista estava embriagado e atringiu no alcoolímetro os 2 mg/l de álcool no sangue. O homem foi preso no local e irá responder por homícidio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG