Brasileiro chefia missão de observadores da CPLP

A missão de observação eleitoral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às legislativas de 07 de julho em Timor-Leste chega no sábado ao país e é chefiada pelo brasileiro Carlos Alves Moura, anunciou hoje a organização.

Segundo um comunicado enviado hoje à imprensa, a missão da CPLP estará no país entre 30 de junho e 12 julho para "acompanhar a fase final da campanha eleitoral, os preparativos para a realização do ato eleitoral".

"A missão vai acompanhar também o apuramento e divulgação dos resultados eleitorais", acrescenta o comunicado.

Carlos Alves Moura é o atual coordenador geral do Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra, órgão da estrutura da Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura do Brasil, e antigo representante da CPLP na Guiné-Bissau.

A missão inclui observadores provenientes de Angola, Brasil, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e do Secretariado Executivo da CPLP, bem como elementos indicados pelas embaixadas portuguesa e brasileira em Timor-Leste.

A CPLP também acompanhou a primeira e segunda voltas das eleições presidenciais timorenses, realizadas em março e abril, tendo considerado o escrutínio livre, justo e transparente.

Concorrem às eleições legislativas 21 partidos e coligações. A campanha eleitoral termina na quarta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG