Bombeiros encontram décima vítima em São Paulo

Os bombeiros encontraram, na tarde de quinta-feira, o corpo da décima vítima do desabamento de um prédio na região leste da cidade de São Paulo, divulgou hoje a imprensa brasileira.

O sítio de notícias divulgou que o major Anderson Lima, do corpo de bombeiros, referiu que como não há mais indicações de desaparecidos, as buscas foram dadas por encerradas e a área foi entregue para o trabalho da perícia.

O último desaparecido era um ajudante de pedreiro que estava a trabalhar na obra.

Vinte e seis pessoas foram resgatadas com vida pelos bombeiros dos escombros do prédio em construção.

O prédio de dois andares, que estava em fase final de construção, desabou por volta das 08:30 (12:30 horas em Lisboa) de terça-feira, no bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo.

O prédio estava irregular, pois não havia permissão para a construção e já haviam sido emitidas multas, em março, de mais de 100 mil reais (31,5 mil euros).

A subprefeitura (órgão ligado à câmara) de São Mateus já havia suspendido a construção, segundo a autarquia de São Paulo.

Antes de começar a obra, que seria para uma loja, o terreno abrigava um posto de gasolina.

Casas e pelo menos três carros nas ruas em redor do prédio foram atingidos.

O caso está a ser investigado pela polícia civil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG