Acidente com "chapas" causou 12 mortos e 23 feridos em Maputo

Doze pessoas morreram e 23 ficaram feridas, na sequência de um choque frontal entre duas viaturas informais de transporte de passageiros, vulgo "chapas", ocorrido na terça-feira na capital moçambicana, informou hoje a imprensa de Maputo.

O acidente deu-se no bairro suburbano do Zimpeto, entre dois "chapas" que faziam a mesma rota, e que colidiram frontalmente.

Cinco pessoas morreram no local e as restantes sete vítimas mortais não resistiram aos ferimentos, depois de levadas para o Hospital central de Maputo.

Segundo declarações de agentes no local, citadas hoje pela imprensa de Maputo, o acidente deverá ter sido causado por "excesso de velocidade e imperícia dos condutores".

Citado pelo diário Notícias, de Maputo, Lourenço Cossa, presidente da Associação dos Transportadores Semicolectivos de Passageiros assacou à "má atuação da polícia e à irresponsabilidade dos motoristas" os frequentes acidentes com "chapas".

Na última semana, 33 pessoas morreram em consequência de acidentes de viação em Moçambique, segundo dados divulgados pela Polícia da República de Moçambique (PRM).

LAS // HB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG