Coreia do Norte chama a Kerry lobo de "queixo saliente"

Esta quarta-feira, a Coreia do Norte insultou John Kerry, o secretário de Estado dos EUA, chamando-o de lobo com um "queixo terrivelmente saliente", noticia a ABC News.

Depois deste ano já ter chamado macaco a Barack Obama e prostituta à Presidente sul-coreana, Park Geun-hye, a Coreia do Norte ataca agora John Kerry com o objetivo de recuperar, citando, o "sentimento anti-EUA e polir a imagem da liderança no mercado interno, num momento em que Washington e Seul estão a realizar exercícios militares anuais a que Pyongyang chama de um ensaio de invasão".

Um porta-voz da Coreia do Norte, liderada por Kim Jong Un, descreveu Kerry como um "lobo vestindo uma máscara de ovelha" e criticou também os seus comentários em matéria de direitos humanos e de programas de armas do país.

"O seu comportamento revela totalmente mais uma vez a natureza inveterada dos EUA como um hipócrita que tem enganado e ridicularizado a humanidade com todo o tipos de truques", disse o porta-voz no comunicado divulgado pela agência de notícias Korean Central.

O número elevado de incidentes graves ocorridos nos últimos anos têm atiçado as já conhecidas tensões entre os dois vizinhos coreanos. Durante este ano a Coreia do Norte já lançou publicamente vários insultos a figuras proeminentes de países rivais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG