Coleção de quase 6000 relógios Swatch vai a leilão em Hong Kong

É das maiores coleções privadas de relógios Swatch e vai terça-feira a leilão. Pode render mais de um milhão de euros ao proprietário, que passou cerca de 20 anos a reunir os modelos da marca suíça.

Uma das maiores coleções privadas de relógios Swatch vai ser leiloada esta terça-feira na Sotheby's em Hong Kong. Segundo o britânico The Guardian, estima-se que a coleção, que conta com 5800 Swatch - incluindo edições limitadas de artistas como Kiki Picasso e Keith Haring, bem como a edição que celebrou os 40 anos de James Bond - possa valer cerca de um milhão de euros.

Paul Dunkel, residente no Luxemburgo, tem 68 anos e é o proprietário dos 5800 relógios. Passou mais de duas décadas à procura de todos os modelos Swatch que tinham sido lançados nos primeiros 25 anos da marca. Começou na década de 1980: por ser colecionador de arte abstrata, percebeu que alguns dos seus artistas favoritos estavam a desenhar relógios para a Swatch. Decidiu, então, começar a colecionar os relógios e as obras de arte relacionadas.

Hoje, Dunkel admite que não consegue continuar a fazer crescer o número de relógios."É muito trabalhoso". Para os obter, o agente de seguros - que entretanto passou à reforma - precisou de viajar por todo o mundo, gastando milhares de euros na sua obsessão. É com alguma dificuldade que se separa dos Swatch, mas a família está primeiro e, por estes dias, quer sobretudo dedicar-se à família e aos dois netos. Espera agora que o futuro proprietário da sua coleção possa expor todos os relógios, que estavam guardados num cofre, longe da vista dos fãs da marca suíça. "Não estou interessado no preço", sublinha.

Mas Sharon Chan, responsável da Sotheby's, garante que os colecionadores de relógios de luxo também são fãs da Swatch."Cada relógio na coleção transmite um capítulo da arte contemporânea", realçou.

Esta não é a primeira vez que uma coleção de relógios Swatch faz sucesso em Hong Kong: em 2011, a coleção de um cidadão anónimo de nacionalidade chinesa foi leiloada por cerca de 5,5 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG