Chávez: EUA e UE "infiltram terroristas" na Síria

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, criticou hoje o papel dos Estados Unidos e da União Europeia na crise síria, afirmando que norte-americanos e europeus "redobram a sua ofensiva" e "infiltram terroristas" no país.

Chávez fez estas afirmações num discurso perante milhares de apoiantes no centro de Caracas, a primeira grande reunião pública em que participa desde que começou o tratamento a um cancro.

"Os Estados Unidos e os seus aliados europeus redobram a sua ofensiva contra a Síria, infiltram terroristas para criar violência, sangue e morte, como fizeram na Líbia no início deste ano", afirmou o presidente da Venezuela.

"À custa de bombas conseguiram não apenas derrubar o governo líbio, como também destruir o país e assassinar o coronel Muammar Kadhafi (...) Agora apontam para a Síria", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG