"Cereal Killer", o café onde só se come cereais

Parece impossível, mas em Londres já há. Chama-se "Cereal Killer", é um café que só serve cereais. Alan e Gary Keery, são os donos do novo espaço.

A ideia partiu dos irmãos Alan e Gary Keery numa manhã de ressaca. Acordaram com um desejo enorme de comer cereais e fez-se luz.

Para realizarem o projeto inscreveram-se no fundo de financiamento colaborativo Crowdfunding, uma rede de angariação de fundos para um projeto através de uma comunidade online. Contudo, não conseguiram obter compradores suficientes. Após esta dificuldade, não desistiram, e através da publicidade conseguiram um empréstimo e com um "senhorio simpático", como refere o The Guardian, conseguiram abrir o café.

Por cerca de 3 euros (2,50 libras), os clientes escolhem os cereais e o leite que pretendem para a sua "refeição". À disposição têm cereais ingleses, americanos e internacionais, com diferentes tipos de leite, e "toppings" como banana ou as famosas gomas marshmallows. Os irmãos vendem mais de 120 tipos diferentes de cereais de todo o mundo, conjugados com 30 variedades diferentes de leite e 20 variedades de coberturas.

Para as pessoas se sentirem nos anos 80 ou 90, e "encherem os olhos" recordando os bons tempos dessas datas, o café exibe peças que remontam a essa altura. Os irmãos deram uma entrevista ao The Time Out London blog, onde se podem ver imagens do novo espaço.

Mas a criatividade dos irmãos não se restringe apenas ao conceito do café, mas também, à forma como o "Cereal Killer Cafe" procura os seus empregados. "Se os cereais são o único motivo pelo qual tu te levantas de manhã, então envia-nos o teu currículo e um pequeno texto a explicar porque adoras comer cereais...".

O "Cereal Killer Cafe" foi inaugurado na quarta-feira, dia 9 de dezembro, abrem às sete da manhã e fecham às dez da noite. A página do Facebook já tem 11.446 "gostos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG