Brasil veste-se de verde e amarelo contra PT e presidente Dilma

Com a camisola da seleção vestida, mais de um milhão de brasileiros protestaram na Avenida Paulista. E houve marchas em mais 200 municípios.

"Somos mais do que todos os que se manifestaram em junho de 2013 e no movimento Diretas Já de 1984, somos muitos mais, somos imparáveis", gritava uma das pelo menos 1,1 milhões de manifestantes na Avenida Paulista, a principal artéria de São Paulo, a meio da tarde de ontem. Somados os brasileiros que protestaram contra o governo de Dilma Rousseff e do Partido dos Trabalhadores (PT) em frente ao Congresso, em Brasília, e na Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro, a estimativa da manifestante anónima parece certeira.

Como há registo de marchas em mais de 200 municípios do país, é seguro dizer que milhões de pessoas aproveitaram o seu domingo para marcar posição a favor do impeachment, o processo de destituição da presidente, ou, pelo menos, para criticar Dilma Rousseff, nas maiores manifestações da história do Brasil.

Leia mais pormenores na edição impressa e no epaper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG