Bombardeamento junto ao hospital de Donetsk

Intensos bombardeamentos foram ouvidos esta manhã no centro de Donetsk, bastião dos separatistas pró-russos na Ucrânia. Um obus caiu perto do hospital local, provocando um morto e dois feridos, reporta a France Presse.

O regresso dos confrontos acontecem no dia em que a Rússia decretou embargo total aos produtos alimentares com origem na União Europeia e Estados Unidos e que o secretário geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen, chegou a Kiev para levar o seu "apoio político" às autoridades ucranianas, segundo anunciou no Twitter.

Segundo as autoridades regionais, três civis foram mortos durante a noite num ataque com obuses na zona sul da cidade.

Também no centro de Kiev, na Praça da Independência, houve episódios de violência entre forças pro-governamentais e manifestantes.

O exército ucraniano procura isolar a cidade do resto do território controlado pelos separatistas. Os combates intensificaram-se nos últimos dias, aponta a France Presse.

O governo ucraniano decidiu suspender o cessar-fogo decretado no local da queda do avião da Malaysia Airlines, na zona rebelde no leste do país, após a paragem das investigações dos peritos internacionais.

"O regime de cessar-fogo na zona do acidente (...) não estará mais em vigor" até ao reinício das buscas, disse o governo de Kiev, num comunicado publicado na sua página da internet.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG