Avião da Air France imobilizado em Barajas por suspeita de ébola

Espanha ativou o protocolo de emergência no aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas depois de um passageiro de um voo da Air France se ter queixado de dores de cabeça. O voo vinha de Paris para Madrid. O passageiro é oriundo da Nigéria.

Segundo fontes da Aena, autoridade aeroportuária espanhola, citadas pelos media espanhóis, o voo foi obrigado a aterrar, os restantes passageiros desembarcaram e o passageiro proveniente de Lagos foi examinado por um médico no aparelho, que está estacionado numa zona específica do aeroporto, seguindo os protocolos estabelecidos.

Ainda segundo os protocolos, o passageiro será encaminhado para o hospital Carlos III em Madrid, onde ficará sob observação. É também neste hospital que se encontra a auxiliar de enfermagem Teresa Romero, que contraiu o vírus do ébola ao tratar um missionário espanhol que contraiu o vírus na Serra Leoa e morreu posteriormente na capital espanhola.

Este alerta sanitário surge numa altura em que os ministros da Saúde da União Europeia se reunem em Bruxelas para coordenar os controlos que vão ser feitos nos aeroportos com vista a controlar a expansão do vírus do ébola.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG