Autoridades acreditam que será possível analisar segunda caixa negra

Após dez dias de busca, a caixa negra foi encontrada enterrada no solo.

As autoridades francesas afirmaram hoje ter esperança de que será possível utilizar os dados registados na segunda "caixa negra" do avião da Germanwings que se despenhou nos Alpes franceses, tendo em conta o estado do dispositivo.

A segunda "caixa negra" do Airbus A320 foi hoje encontrada, após dez dias de buscas.

Em conferência de imprensa, o procurador responsável pelo inquérito ao acidente em França, Brice Robin, afirmou que o estado do dispositivo "deu esperança" para uma possível utilização dos dados.

Esta caixa contém "500 parâmetros", incluindo a velocidade, a altitude e os indicadores do motor do aparelho, referiu o responsável.

Brice Robin explicou que a "caixa negra" estava enterrada no solo.

"Tivemos de escavar para a tirar. Parece que esteve exposta ao fogo porque está totalmente negra", precisou.

O procurador anunciou que a "caixa negra" vai ser transportada hoje à noite para Paris para que seja analisada por peritos do Gabinete de Investigação e Análise da Aviação Civil (BEA, na sigla em francês).

Os dados da "caixa negra" vão ser "um complemento indispensável para a compreensão daquilo que aconteceu nos últimos minutos" do voo da Germanwings, frisou ainda Brice Robin.

O voo 4U 9525, que fazia a ligação entre Barcelona (Espanha) e Dusseldorf (Alemanha), despenhou-se nos Alpes franceses no passado dia 24 de março, matando todas as 150 pessoas a bordo.

O copiloto do avião Andreas Lubitz, de 27 anos, é suspeito de ser o responsável pela queda do avião.

O procurador francês também informou hoje que, após a recuperação no terreno dos restos mortais de todas as vítimas, as autoridades conseguiram isolar 150 perfis diferentes de ADN.

Estes perfis serão agora comparados com as amostras de ADN fornecidas pelas famílias das vítimas.

Segundo o procurador, serão ainda necessárias "três a cinco" semanas para identificar as vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG