Tailândia identificou 300 objetos que podem pertencer ao avião desaparecido

Um satélite tailandês identificou 300 objetos suspeitos de pertencerem ao Boeing 777 da Malaysia Airlines a flutuarem no Oceano Índico, revelou a agência espacial tailandesa.

Os objetos, com tamanhos entre os dois e os 15 metros foram identificados numa zona a cerca de 2.700 quilómetros a sudoeste da cidade australiana de Perth, explicou o diretor executivo da agência tailandesa, Anond Snidvongs, em declarações à agência AFP.

JCS // JCS

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG