Sismo desprendeu 309 milhões de toneladas de gelo

O sismo de 6,3 na escala Richter, que hoje devastou Christchurch, na Nova Zelândia, foi suficientemente forte para desprender 30 milhões de toneladas de gelo do glaciar Tasman no parque nacional Mt. Cook.

O jornal New Zealand Herald refere que passageiros de duas embarcações foram atingidos por ondas de mais de 3,5 metros de altura quando o gelo caiu para o lago Terminal, junto ao glaciar Tasman.

Um responsável turístico da zona afirmou ao jornal que enormes icebergs se formaram no lago, que balançaram com grandes ondas durante 30 minutos.

Este desprendimento de gelo foi o terceiro maior de sempre a cair no lago Terminal.

Pelo menos 65 pessoas morreram no sismo de magnitude 6.3 que atingiu Christchurch, a segunda cidade da Nova Zelândia, disse o primeiro-ministro, John Key, sublinhando que o balanço se pode agravar.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG