Panda aprende a acasalar com vídeo explicativo

Uma fêmea panda que vive num centro de pesquisa na China aprendeu a acasalar vendo um vídeo de um casal da sua espécie. Resultou.

A panda Ke Lin rejeitava consecutivamente o parceiro Yong Yong, o que levou a equipa de investigadores do Centro de Pesquisa de Reprodução de Pandas Chengdu, em Sichuan (China), a mostrar um vídeo de outro casal de pandas a acasalar.

A ideia foi bem sucedida -- Ke Lin e Yong Yong acasalaram -- e os investigadores divulgaram hoje uma imagem da fêmea panda enquanto via o vídeo explicativo no domingo, dia 10.

Não foi a primeira vez que investigadores recorreram a este método, como noticiou a CNN em 2008.

Os pandas são animais nativos da China maioritariamente da zona de Sichuan, e são uma espécie em vias de extinção e com grandes dificuldades de reprodução Vivem quase em isolamento na floresta pelo que dificilmente veem outros pandas a acasalarem e uma vez em cativeiro perdiam o interesse mesmo no período que lhe é devido e que é muito curto (três dias). Outros centros de investigação tentaram a inseminação artificial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG