Número de porcos mortos encontrados sobe para 6 mil

O número de porcos mortos encontrados no principal rio da cidade chinesa de Xangai duplicou em dois dias para cerca de 6.000, revelou o governo com responsáveis de uma região próxima a tentarem negar serem a fonte do problema.

De acordo com as autoridades de Xangai, foram já recolhidos 5.916 animais mortos do rio Huangpu, que atravessa a cidade e cria a zona do Bund, muito conhecida internacionalmente e zona de atração de turistas e residentes.

Na noite de domingo, as autoridades de Xangai tinham revelado que o número de porcos mortos recolhidos era de 2.813 e salientavam que os animais deveriam ter sido atirados ao rio depois de morrerem de doença.

Xangai tem apontado o dedo a Jiaxing, na província de Zhejiang, um importante centro da suinicultura do país, como origem do problema.

Responsáveis do município de Jiaxing garantem estar a investigar o caso, não excluem a possibilidade de serem a origem do problema, mas sustentam não terem certezas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG