Muçulmanos em fuga e militares nas ruas

Soldados patrulham as ruas de Lashio, uma cidade do nordeste da Birmânia após dois dias de conflitos entre budistas e muçulmanos, centenas dos quais fugiram das suas casas para se refugiarem num mosteiro.

Durante dois dias, Lashio foi palco de violências entre budistas e muçulmanos, causando um morto e cinco feridos, segundo um balanço do Governo.

Três centenas de muçulmanos fugiram das suas casas e refugiaram-se num mosteiro da cidade, protegidos pela polícia e pelo exército.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG