Morreu o tibetano que se imolou pelo fogo

O jovem tibetano que se imolou pelo fogo na segunda-feira em Nova Deli em protesto contra a visita à Índia do presidente chinês, Hu Jintao, morreu esta manhã no hospital, informou um ativista.

Jamyang Yeshi, de 26 anos, estava hospitalizado com queimaduras em 90 por cento do corpo.

Hu Jintao deslocou-se à Índia para a quarta cimeira dos BRICS, que começa hoje com a participação dos líderes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG